Conheça uma das únicas pessoas do mundo a receber o título de “Sir” e o prêmio Pritzker de Arquitetura

 

Você já ouviu falar no Lord Norman Foster?
Esse arquiteto foi assim nomeado pela Rainha do Reino Unido, em 1999. Ele ficou mundialmente conhecido por seus trabalhos bastante ousados, misturando tecnologia e meio ambiente.

Norman Foster sempre foi muito virtuoso, não medindo esforços para conseguir materializar suas ideias exatamente como projetava em sua mente. Não à toa, recebeu inúmeros prêmios: Prêmio Mies van der Rohe em 1990, Prêmio Stirling em 1998 e 2004 e o Prêmio Pritzker em 1999 – considerado o Nobel da arquitetura.
Aeroporto de Stansted,  American Air Museum, torre comercial na rua Mary Axe em Londres e a Ponte Millenium

Possuía um talento natural desde cedo e ingressou na Faculdade de Arquitetura da Universidade de Manchester, trabalhando duro para pagá-la. Imediatamente após se formar, iniciou o curso de mestrado na Escola de Arquitetura de Yale, nos Estados Unidos.

Internacionalmente admirado, ele é presidente do estúdio de arquitetura e urbanismo mais famoso do mundo, a Foster and Partners.

Com sede em Londres e filiais em diversos países, seus projetos são característicos por construções inovadoras, com estruturas de metal e vidro e abordagem sustentável, de modo a interferir positivamente a vida das pessoas sem atingir a natureza. Além de arquitetos, há engenheiros, ambientalistas, bioquímicos, sociólogos, entre outros, fazendo a empresa ser premiada e homenageada em diversas competições de projetos.
Edifício HSBC em Hong Kong, loja da Apple na Avenida Michigan em Chicago, detalhe da torre da rua Mary Axe e prédio Casa Cor Rio 2017.
Dentre as obras mais famosas, está o Edifício HSBC em Hong Kong, lojas da Apple e a torre de vidro em espiral, o icônico Prédio 30 St Mary Axe. No ano passado, Norman Foster estreou o primeiro projeto no Brasil, o edifício da Casa Cor Rio 2017, na Zona Aeroportuária. Com fachada espelhada e instalações de luzes, o projeto faz reaproveitamento de 80% da água da chuva e utiliza um sistema que otimiza em até 25% a performance dos elevadores, além de uma inclinação de 20º que faz com que a luz solar não incida diretamente nas janelas, amenizando o calor e melhorando a acústica. Sua modernidade faz um grande contraste com prédios e galpões antigos.

Nagamine Arquitetura

Arquitetura Feita do Seu Jeito